Pgina Principal

 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Estilo atual: Padrão

Notícias UFS

  • A chapa liderada por Angelo Antoniolli e Iara Campelo recebeu 75% dos votos

  • Cursos são: doutorado em Letras e mestrado em Engenharia e Ciências Ambientais

  • O portal da Universidade Federal de Sergipe vai ser mudado a partir de maio, mês de aniversário da UFS. Por isso, um novo sistema mais moderno e funcional será implementado, com migração total de conteúdo. Para a adaptação a essas mudanças, os administradores das páginas de domínio do portal são convidados a participar da palestra “Apresentação do novo Portal UFS e orientações para gestão e migração de conteúdo no novo sistema”.

    Para atingir o maior público possível, prevendo inclusive a vinda de servidores dos campi do interior, a palestra será proferida dia 2 de maio, das 9 às 12h, e novamente no dia 3 de maio, das 14 às 17h, no auditório da Reitoria. O convite para essas palestras também foi enviado pelo Gabinete do Reitor (GR) por meio de ofício circular eletrônico.

    Ainda no mês de maio, o Núcleo de Tecnologia de Informação (NTI) também oferecerá duas palestras mais específicas para o treinamento no novo sistema e a Assessoria de Comunicação (Ascom) manterá seu trabalho de atendimento personalizado para dirimir eventuais dúvidas sobre a alimentação de conteúdo. Oportunamente, o NTI disponibilizará um tutorial com orientações para a alimentação do conteúdo.

    O NTI está envidando esforços para garantir uma migração de conteúdo o mais completa possível. Mas, para que isso ocorra, será necessária a realização de ajustes no atual portal para que os dados sejam migrados integralmente, minimizando possíveis impactos da mudança de sistema que podem incluir a não visualização de conteúdos pelo público externo. Por isso a presença de todos os administradores de conteúdo na palestra do dia 2 ou 3 de maio é fundamental.

    Novo portal

    O novo Portal UFS será lançado dia 30 de maio de 2016, como parte das comemorações dos 48 anos da UFS, quando o atual portal será desativado definitivamente. O projeto foi desenvolvido pelas equipes da Ascom, NTI e Núcleo de Editoração e Audiovisual (Neav).

    Com layout moderno, novas funcionalidades e estrutura de navegação mais intuitiva, o novo portal carrega um sistema de gerenciamento de conteúdo mais amigável, estável, seguro e com ferramentas mais eficientes para publicação de conteúdos, a exemplo da publicação de notícias do setor, editais, galerias de imagens, vídeos, tabelas, entre outros.

    Ascom

    comunica@ufs.br

  • Com o objetivo de estimular a aprendizagem e a interação das pessoas com deficiência, o Campus Rural da UFSatravés da fazenda experimental dos cursos do Centro de Ciências Agrárias Aplicadas – e a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de Aracaju (Apae) firmaram parceria interdisciplinar no início deste mês e enxergam resultados positivos.

    Segundo a coordenadora da Apae, Bárbara Vazquez, a proposta da parceria surgiu da necessidade de os alunos participarem, na prática, de processos comuns do próprio cotidiano, fazendo com que eles se sintam incluídos socialmente e compreendam a extensão das suas habilidades.

    “Nossa metodologia é trabalhar com oficinas que proporcionem o desenvolvimento das habilidades de nossos alunos. Com a de meio ambiente, iniciada no ano passado, percebemos inúmeros estímulos positivos, então resolvemos buscar uma parceria com a UFS para que isso fosse ampliado. Assim, os alunos poderão participar do projeto de construir a estufa e reformar o jardim”, esclarece Bárbara.

    Acompanhando de perto todo o projeto, o engenheiro agrônomo do campus Rural, Ézio dos Santos, explica que a interação entre a UFS e a Apae acontece semanalmente e é extremamente gratificante.

    “Numa semana, vou à sede da Apae para ministrar as aulas teóricas e, na semana seguinte, os alunos vão ao campus Rural para pôr em prática aquilo que aprenderam. Esse aprendizado, além de ser de extrema importância para cada um deles, também é muito gratificante para a nossa experiência profissional. Lidar coma  deficiência é abrir um outro caminho para alcançar os resultados. Todos eles são muito capazes e isso é fantástico de ver”, salienta Ézio.

    Para essa parceria, também está prevista a visita de técnicos e de bolsistas Prodap do campus Rural na sede da Apae para atividades complementares.

    O cronograma Apae-campus Rural segue da seguinte forma nos meses de maio e junho:

    - Aula UFS Rural – 4 e 26 de maio // 2 e 17de junho;

    - Aula Apae – 9 e 18 de maio // 06 e 11 de junho.

    Outras informações através do telefone 2105-7433.

    Ascom

    comunica@ufs.br

    Fotos: divulgação.

     

  • O curso de Turismo da Universidade Federal de Sergipe recebeu nota 4, considerado ‘muito bom’, na avaliação externa de renovação de reconhecimento realizada pelo Ministério da Educação (MEC). A avaliação, que foi feita entre os dias 3 e 4 de março, analisa dimensões como: organização didático-pedagógica, corpo docente e infraestrutura.

    No quesito organização didático-pedagógica o curso obteve nota 3,5, o corpo docente ficou com 4,6 e a infraestrutura, 4,1. Na avaliação do MEC, a nota 3 equivale a suficiente, 4 a muito bom e 5, excelente. O curso de Odontologia (São Cristóvão) também recebeu a visita avaliativa do MEC em 2016 e obteve nota 3.

    Para a coordenadora do curso, professora Rosana Eduardo, “a obtenção do conceito 4 ratifica o compromisso e qualidade da equipe de professores, do corpo discente, do projeto político pedagógico, bem como das atividades didático-pedagógicas realizadas”.

    Vinícius Moisés Rodrigues é aluno do sexto período de Turismo e acabou de chegar de um intercâmbio na ColômbiaEle acredita que a nota recebida pelo MEC ajudará o curso a se desenvolver. "A classificação do MEC é de extrema importância e vai beneficiar os alunos, professores e a universidade. Acredito que com isso o núcleo tenha mais chances de ser elevado a departamento".

    Para Kleber Fernandes de Oliveira, à frente da Coordenação de Planejamento e Avaliação Acadêmica da UFS (Copac), a nota é de extrema importância não para a universidade, mas para todo o estado. “Para um estado como Sergipe, que tem um potencial turístico tão grande, é muito bom ter um curso de turismo com esse conceito, pois atende as necessidades turísticas do estado, além de ser o único de Sergipe”.

    A avaliação

    A realização dos processos avaliativos é responsabilidade do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC), sob coordenação e supervisão da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes).

    A renovação do reconhecimento deve ser solicitada pela instituição de ensino superior, e é uma forma que o MEC possui de ficar a par de como os investimentos federais estão sendo empregadosOs resultados dessa avaliação, juntamente com a nota do Enade e a Avaliação das Instituições de Educação Superior (Avalies), constituem os outros indicadores avaliativos da qualidade do ensino superior no país.

    A UFS aguarda outras visitas do MEC para 2016, porém, o ministério comunica as datas com um mês de antecedência.

    Sobre o curso

    O curso de bacharelado em Turismo foi criado em 2006 e conta atualmente com 10 professores, doutores e doutorandos. Anualmente oferece 50 vagas no turno vespertino, estando organizado em oito semestres letivos.

    Possui 224 alunos matriculados e conta com três laboratórios: Laboratório de Planejamento e Organização de Eventos, Laboratório de Estudos Interdisciplinares em Turismo e Laboratório de Práticas Turísticas. Os laboratórios têm por objetivo fomentar o tripé ensino, pesquisa e extensão, possibilitando diferenciadas estratégias no processo de ensino-aprendizagem.

    O curso conta com dois grupos de pesquisa cadastrados no CNPq. O Grupo de Pesquisa Gestão de Turismo e Hospitalidade, que está diretamente vinculado ao projeto pedagógico do curso e nasceu com a finalidade de dar suporte científico e técnico às diversas áreas de atuação profissionais; e o Grupo de Pesquisa em Antropologia e Turismo (Antur), cuja finalidade é refletir sobre o papel da Antropologia e do Turismo considerando a relação destas disciplinas com a sociedade, a cultura e a educação por meio de estudos científicos e técnicos, ações extensionistas, atividades didático-pedagógicas e artístico-culturais.

    Ascom

    comunica@ufs.br

  • A Pró-Reitoria de Pós Graduação e Pesquisa (Posgrap),  considerando a Resolução nº 48/2013/Conepe, torna público o edital para reconhecimento de diplomas de cursos de pós-graduação stricto sensu expedidos por instituições estrangeiras.

    As pré-inscrições serão realizadas exclusivamente via internet, através do envio do requerimento de solicitação de reconhecimento (anexo ao edital), devidamente preenchido para o endereço eletrônico revalidaufs@gmail.com no período de 25/04 a 09/05/2016.

    Confira outras informações no edital abaixo ou entre em contato com a Posgrap através do número (79) 2105-6414.

    Ascom

    comunica@ufs.br

  • São 230 bolsas no valor de R$ 400

  • O Colégio de Aplicação da UFS (Codap) foi contemplado com o 1º lugar em Sergipe no edital para o Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte (veja resultado abaixo). O colégio elaborou uma proposta que ofertará dois núcleos, com 70 vagas cada um, nos quais poderão se inscrever crianças e adolescentes do Codap e de São Cristóvão.

    Os núcleos oferecerão 6 horas semanais de atividades no âmbito do esporte educacional, que envolve desde a vivência de práticas esportivas variadas a ações pedagógicas transversais com temas relativos à cidadania, saúde e qualidade de vida. Essas práticas serão realizadas no contraturno escolar, ensejando, assim, numa proposta de educação integral.

    Para a diretora do Codap, Marília Menezes Nascimento Souza, essa é uma conquista não do colégio, mas de toda a universidade e da sociedade. "Além de fortalecer nossas ações no âmbito do ensino, pesquisa e extensão, essa ação representará também o compromisso do Codap com as questões sociais e educacionais que envolvem a comunidade do entorno da UFS". 

    Ainda segundo Marília, esse edital foi o primeiro em que colégios de aplicação das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) tiveram oportunidade de concorrer.

    O programa, que terá a vigência de 24 meses, prevê a contratação de professores e estagiários de Educação Física, que passarão constantemente por um processo de formação conduzido por profissionais do Codap.

    Visite a página do Programa Segundo Tempo.

    Ascom

    comunica@ufs.br

    Foto-legenda: Adilson Andrade-Ascom/UFS.

  • Quem circula pelos espaços físicos ou acompanha as redes sociais e os grupos coletivos de estudantes da Universidade Federal de Sergipe provavelmente se deparou nos últimos dias com alguma intervenção dos estudantes de Publicidade e Propaganda, do Departamento de Comunicação Social (DCOS).

  • Evento será hoje às 18h no auditório da Reitoria; eleição ocorre em 27 e 28/4