Qui, 01 de outubro de 2015, 11:40

Campus do Sertão, uma conquista de todos
Campus do Sertão, uma conquista de todos

Jodnes Sobreira Vieira

Aqui está nascendo o futuro. Aqui está sendo edificada a Universidade Federal de Sergipe (UFS) que todos queremos no Alto Sertão Sergipano: maior, mais presente e cada vez melhor. Aqui está surgindo a Universidade que o Sertão merece. Com o início das aulas no Campus de Sertão, a UFS dá mais um importante passo na consolidação do projeto de interiorização do ensino superior em nosso Estado e, apesar de territorialmente a UFS ter sua base em Nossa Senhora da Glória, as ações desenvolvidas no Campus atenderão a todos os municípios do Alto Sertão Sergipano, onde apoiaremos a agricultura familiar, a sustentabilidade e a agroecologia.

Para dar início a esta trajetória, foram escolhidos quatro cursos na área das Ciências Agrárias: Agroindústria, Engenharia Agronômica, Medicina Veterinária e Zootecnia. O programa pedagógico de cada um deles foi cuidadosamente formulado para que seja aplicada a Metodologia Ativa, através da qual o estudante desenvolve a capacidade de aprender, trabalhar em equipe, ouvir opiniões contrárias ou não às suas, construindo um papel participativo e responsável no seu próprio aprendizado.

Crescendo, aprimorando-se e resgatando compromissos, a UFS avança apoiada em sólidas parcerias. Uma delas é a firmada com o Ministério Público do Trabalho, que assim como nós possui como objetivo fomentar a agricultura orgânica adotando técnicas específicas que tenham por objetivo a sustentabilidade econômica e ecológica, maximizando os benefícios sociais e reduzindo a dependência de energia não renovável.

Outra parceria de grande importância é a que está sendo estabelecida com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) do Semiárido, que muito contribuiu para a conquista do espaço que será utilizado pelo Campus do Sertão, a Fazenda Experimental.

Estes parceiros, entre outros, participam de uma cooperação técnica que garante aos nossos jovens a oferta de um Ensino Superior público e de qualidade.

Neste momento em que começamos a erguer o Campus do Sertão quero agradecer a todos, pois independentemente das funções que exercem, as pessoas que contribuíram para este desfecho tiveram um envolvimento pessoal com o projeto de nossa Universidade.

Agradeço ao excelentíssimo governador Jackson Barreto, que tem acompanhando este importante projeto. Agradeço também aos deputados federais e estaduais que contribuíram e contribuem para consolidação do projeto.

Meu muito obrigado ao prefeito Francisco Carlos Nogueira Nascimento, o estimado Chico do Correio, e também à sua equipe, parceiros de todas as horas, bem como aos prefeitos de toda a região, engajados no projeto que hoje se torna realidade.

Agradeço ao Magnífico Reitor da UFS, professor Angelo Roberto Antoniolli e ao vice-reitor, professor André Maurício Conceição de Souza, pelo comprometimento com esta instituição e engajamento com as questões sociais, além de total apoio à expansão do ensino superior. Aos pró-reitores da Universidade Federal de Sergipe por todo o auxílio prestado.

Agradeço ao diretor pedagógico do Campus do Sertão, o professor Marcelo Augusto Gutierrez Carnelossi, por sua dedicação e empenho. Aos coordenadores dos cursos do Campus do Sertão, os professores Edísio Oliveira de Azevedo, João Antônio Belmino dos Santos, Alfredo Acosta Backes, Edivaldo Rosas Santos Junior e Paulo Roberto Gagliardi, por suas várias contribuições para com este projeto.

Aos funcionários da Superintendência de Infraestrutura da UFS e seus departamentos: professor Antônio Américo Cardoso Júnior, Jorge Antônio Vieira Gonçalves, Manoel Fernando Freire Cabral, Rodrigo Melo Nunes, Marcos José Ribeiro Barreto, o diretor do Departamento de Recursos Materiais Gilton Ramos Carvalho Costa e a todos os funcionários aqui não citados que estão engajados diretamente ou indiretamente na construção do novo campus.

Deixo aqui meus sinceros agradecimentos à juventude, movimentos sociais e sindicais, camponeses, agricultores familiares, indígenas, quilombolas, pescadores, que sempre lutaram por este sonho, a instalação de um Campus Universitário no Alto Sertão Sergipano que se torna, no dia de hoje, uma realidade.

E é claro, não poderia esquecer, agradeço aos professores, servidores técnico-administrativos e estudantes que ajudarão na consolidação do novo Campus, e que hoje estão participando deste momento ímpar.

Uma palavra especial ao saudoso ex-governador Marcelo Déda. A homenagem que presto é o reconhecimento da UFS e de Sergipe a um político que, no parlamento ou no Executivo, soube portar-se de forma ética e combativa, sempre apoiando a interiorização do ensino superior em nosso Estado.

Hoje é um dia de comemoração, de agradecimento e de olhar para a frente. Ainda há muito que fazer. Somos uma instituição aberta ao diálogo, à diversidade e à comunidade que necessita de qualificação.

A todos o meu muito obrigado!

* Discurso proferido pelo professor Jodnes Sobreira Vieira, diretor do Campus do Sertão, no dia 29/09/2015, na Aula Magna que marcou o início das atividades do Campus.


Atualizado em: Qui, 18 de agosto de 2016, 14:58
Notícias UFS
Avaliação
UFS é destaque no Enade 2016
Enfermagem e Nutrição (ambos de Lagarto) e Fisioterapia (Aracaju) obtiveram nota máxima; veja nota de outros cursos