Qui, 24 de dezembro de 2020, 09:43

Discurso de saudação ao diretor do CampusITA - quadriênio 2020 -2024
Liliádia da Silva Oliveira Barreto
Reitora pro tempore da UFS, Liliádia Barreto. (foto: Adilson Andrade/Ascom UFS)
Reitora pro tempore da UFS, Liliádia Barreto. (foto: Adilson Andrade/Ascom UFS)

Inicialmente, saúdo o professor Marcelo Alves Mendes, diretor deste campus, a quem agradeço por todos os serviços prestados a este braço da Universidade Federal de Sergipe nesta cidade, pondo em relevo a dedicação com que se empenhou em seus deveres nos últimos anos.

Registro a minha imensa satisfação de estar hoje neste ato de posse. É com grande honra que saúdo o novo diretor do campus Professor Alberto Carvalho, o professor Victor Hugo Vitorino Sarmento, lotado no Departamento de Química, e a professora Joelma Carvalho Vilar, eleitos e nomeados para exercício do mandato de diretor e vice-diretora, respectivamente, deste campus no quadriênio 2020/2024.

Tenho convicção de que a escolha dos nomes dos senhores por esta comunidade para assumir tal responsabilidade concretizou-se em razão da qualidade, da dedicação e do trabalho empenhados à Universidade Federal de Sergipe e ao processo educacional no município de Itabaiana e regiões vizinhas.

Sem dúvida, é profícuo para a administração pública contar com servidores que expressam interesse em gerir órgãos diretivos de forma a contemplar diligentemente as normativas e os princípios que regem a coisa pública.

Particularmente, entendo que as dificuldades e sobressaltos que certamente já ocorreram na caminhada até aqui, devem servir de exemplos para dissolução dos obstáculos que virão. Os desafios que deverão se colocar serão muitos, mas a virtuosidade dos professores os capacita, juntamente com a comunidade acadêmica, a buscar as mais adequadas formas de superação.

Certamente, a experiência em docência, pesquisa e gestão dessa dupla traz para a Diretoria do CampusITA um vasto e amplo aporte de conhecimentos e habilidades. A compreensão dos anseios e das dificuldades vivenciadas por esta comunidade acadêmica, adquirida em razão do período em que aqui estão, seguramente os ajudará na tomada de decisões, e os desafios que se colocarão durante a gestão serão tranquilamente conduzidos de forma a contemplar as demandas de todos.

Acredito que um dos grandes propósitos que a missão de dirigir um campus universitário apresenta é o de garantir uma administração democrática e transparente, especialmente no que tange à responsabilidade e ao dever de servir, de semear e de compartilhar, com todos aqueles que irão auxiliá-los ao longo desta caminhada, deste mesmo propósito e das mesmas qualidades.

Investidos neste cargo, seus atos devem ser motivados nos valores e princípios legais e com objetivos que visem sempre o incremento da qualidade educacional e do bem-estar social, em todos os sentidos e possibilidades. O compromisso deve, então, ser, prioritariamente, com a comunidade acadêmica e com a população do município e das regiões vizinhas, almejando que os atos e a operacionalidade da direção, para com a tríade do ensino superior, se constituam em algo fecundo e, na medida do possível, quando pertinentes, que sejam permanentes.

Desse modo, sabemos que, desde a inauguração deste campus, em 2006, no âmbito do programa federal de interiorização do ensino superior, vem ocorrendo uma significativa ampliação da estrutura, da capacidade e da qualidade da oferta da UFS em Itabaiana.

Nos últimos anos, o campus de Itabaiana demandou novas adequações, que, sem dúvida, reverberaram de forma significativa na melhoria das condições gerais. A reforma estrutural, concluída em 2017, e o refeitório, recém-inaugurado, são exemplos do potencial de desenvolvimento do campus.

No estreitamento das relações acadêmicas com a sociedade, destaco o compromisso da Universidade Federal de Sergipe com a sociedade itabaianense. Temos um Termo de Cooperação Técnica, Científica e Pedagógica com este município e precisamos seguir correspondendo às expectativas da comunidade que nos recebeu de braços abertos, reafirmando nosso compromisso e empenho em promover o avanço do bem-estar social.

Os desenvolvimentos que advêm do ensino superior têm cada vez mais reverberado positivamente na melhoria das condições de vida de muitas pessoas. O ensino, a pesquisa e a extensão empreendidos pela Universidade Federal de Sergipe têm se estabelecido como referenciais, e precisam se consolidar cada vez mais, capilarizando-se, para que sejam grandes indutores do progresso; não somente sobre o desenvolvimento educacional do profissional, mas, certamente, como parte importante do alicerce que sustenta o desenvolvimento socioeconômico do Estado de Sergipe.

E, neste sentido, é claro que avanços já foram conquistados e merecem comemoração, mas estejamos sempre atentos aos próximos passos, pois sabemos das grandes responsabilidades que a gestão da coisa pública nos apresenta, para que sempre possamos alcançar outras e maiores conquistas, em prol do interesse e do bem público.

Portanto, somo-me a vocês nesta empreitada, tenho-os como colegas de trabalho e, no íntimo de nossos anseios sobre esta tarefa, creio que posso também chamá-los de amigos; e, então, que caminhemos juntos para levarmos a cabo nosso trabalho, que nos enche de orgulho e honra, mas que, ao mesmo tempo, exige de cada um de nós a superação dos obstáculos e dos desafios.

Já finalizando, gostaria de citar uma frase que tomo de empréstimo de Nelson Mandela para nos motivar, que diz:

[Na vida], aprendi que a coragem não é a ausência de medo, mas o triunfo sobre ele. O homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas aquele que conquista por cima do medo. (Nelson Mandela)

Desse modo, entendo que os professores Victor Hugo Vitorino Sarmento e Joelma Carvalho Vilar são cientes de que assumem compromissos que ultrapassam os muros da universidade, que para além das questões administrativas, compreendem que há uma comunidade que anseia um retorno qualificado de nossas ações e que espera no seio acadêmico proposituras concretas para viabilizar uma convivência social mais adequada.

Portanto, para esta caminhada, desejo-lhes força e coragem.

Muito obrigada e que Deus nos abençoe.

Liliádia Barreto é reitora pro tempore da UFS


Atualizado em: Ter, 19 de janeiro de 2021, 12:04
Notícias UFS