Qua, 05 de fevereiro de 2020, 16:18

Área construída do campus de São Cristóvão cresceu 76% em sete anos
Campus fechou 2019 com 192.000 m² de área construída
Campus de s o crist v o materia 1

A área física ocupada no campus de São Cristóvão praticamente dobrou de tamanho na segunda década do século 21. O principal campus da UFS fechou o ano de 2019 com 192.000 metros quadrados de área construída, um crescimento superior a 76% em relação a 2013, quando a área edificada ocupava 109.000 metros quadrados.

“É como se nesse período nós construíssemos um novo campus”, compara o professor Jorge Antônio Vieira Gonçalves, chefe da Divisão de Projetos da Superintendência de Infraestrutura da UFS e assessor do reitor Angelo Antoniolli, informando que o investimento total no período superou os R$ 131 milhões, recursos do Orçamento com o apoio considerado fundamental de emendas parlamentares.

Prédios importantes foram construídos, incluindo oito departamentos: Medicina Veterinária, Matemática, Comunicação Social, Engenharia Elétrica, Engenharia de Alimentos, Nutrição, Zootecnia e Ciência da Computação.


Arte: Rafael Jesus/bolsista Ascom UFS.
Arte: Rafael Jesus/bolsista Ascom UFS.

Naquele período aconteceu a reforma e ampliação da Biblioteca Central (Bicen), a conclusão da Didática VII e do Núcleo de Petróleo e Gás (Nupeg). Também foram construídos o Complexo Laboratorial, o Hospital Veterinário, a Pista de Atletismo, a Praça do Memorial da Democracia e a Subestação da 69kV.

Foram reformados e ampliados o Restaurante Universitário (Resun), o prédio do Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH), o Departamento de Engenharia Civil e as outras seis didáticas. Também foram reformadas e ampliadas as calçadas, passarelas e estacionamentos, instalações elétricas e sistema de iluminação, além do sistema de esgotamento sanitário, obra necessária no funcionamento da infraestrutura do campus.

“Há obras que não são muito notadas, mas que são fundamentais, inclusive, para o futuro do campus da UFS, como a do esgotamento sanitário, a iluminação externa, a climatização das salas de aula e a acessibilidade. Para se ter uma ideia, nós hoje temos 5 quilômetros de passarelas cobertas com piso tátil direcional”, informa Jorge Gonçalves. O campus tem 700 mil metros quadrados de perímetro urbano.

Marcos Cardoso

Gabinete do Reitor


Atualizado em: Qui, 06 de fevereiro de 2020, 13:34
Notícias UFS