Sex, 30 de julho de 2021
Projeto EpiSergipe conclui primeira fase de testes da covid-19 em 15 municípios
Pesquisa monitora evolução de casos e avalia impactos socioeconômicos da pandemia
"É muito gratificante estar participando desse projeto. Estamos auxiliando os municípios no diagnóstico de casos e, ao mesmo tempo, produzindo ciência a partir dos resultados gerados da pesquisa," ressalta a estudante de Farmácia da UFS, Brenda Monteiro.Luís Pereira de Queiroz tem 74 anos e mora no Bairro Salgado Filho, na zona sul de Aracaju. Com máscara no rosto, ele recebeu a visita do EpiSergipe na manhã da última segunda-feira, 28. "Eu digo que vocês são verdadeiros heróis. E que Deus tome conta de vocês para que não sejam vitimados por esse coronavírus", roga o aposentado. A... +Informações
Crescimento de casos da covid-19 em Sergipe será equilibrado a partir do final de agosto, aponta projeção da UFS
Estimativa é de aproximadamente 78 mil pessoas infectadas ao final da pandemia
Casos e óbitos acumuladosAté o próximo dia 24 de julho, de acordo com a previsão, são estimados, no mínimo, 47.600 casos acumulados do novo coronavírus em Sergipe. No mesmo período, o número de óbitos acumulados por causa da doença é estimado em 1.321, no mínimo.Taxa de reprodução do vírusOs pesquisadores também apontam a taxa de reprodução do novo vírus respiratório em 1,14 no dia 10 de julho. "Isso significa que uma pessoa contaminada, em média, está sendo capaz de infectar outras 1,14 pessoas durante o seu período de infecção. Para que a pandemia comece a se estabilizar, é... +Informações
Estudo da UFS apresenta indicadores epidemiológicos da covid-19 nos últimos 15 dias em Aracaju; veja os números
Pesquisadores apontam correlação entre letalidade e condições de vida da população
Josafá Neto | Rádio UFS - A taxa de mortalidade por covid-19 em Aracaju aumentou 78,3% somente nos últimos 15 dias. Isso porque quase metade dos 286 óbitos registrados na capital sergipana por causa da doença ocorreu nas duas últimas semanas. É o que mostra o novo estudo epidemiológico publicado pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), nesta sexta-feira, 03, no âmbito do projeto EpiSergipe.+ Leia aqui a nota técnica na íntegraCom base nos dados epidemiológicos divulgados pelo município até o final do mês passado, a análise ainda aponta o aumento de 19,1% na taxa de letalidade da... +Informações
Estudo da UFS simula impactos da pandemia do novo coronavírus na economia sergipana no mês de abril
Estimativa considera retirada de trabalhadores informais e queda do emprego formal
Setores de atividade das simulaçõesS1 Agropecuária;S2 Indústria Extrativa;S3 Alimentos e bebidas;S4 Fabricação de químicos, limpeza e farmacêuticos;S5 Fabricação de produtos de minerais não-metálicos;S6 Outros da indústria de transformação;S7 Serviços Industriais de Utilidade Pública;S8 Construção;S9 Comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas;S10 Comércio por atacado e varejo, exceto veículos automotores;S11 Transporte, armazenagem e correio;S12 Alojamento e Alimentação;S13 Telecomunicações e informação;S14 Intermediação financeira, seguros e previdência... +Informações
Estudo da UFS mostra indicadores epidemiológicos da covid-19 por zonas urbanas em Aracaju; veja os números
Taxa de incidência da doença na capital é de 150 casos para cada 10 mil habitantes
Incidência de casos por zonas Considerando a incidência da doença para cada 10 mil habitantes, a maior taxa tem sido registrada na zona leste com 201,6 casos. A zona oeste aparece com 154,9 casos para cada 10 mil habitantes, seguida da zona sul com 119,6 casos, e norte com 107,9.Já os cinco bairros da capital sergipana com as maiores taxas de incidência de casos confirmados de coronavírus para cada 10 mil habitantes são: Jardins (301,6 casos), Centro (292,1), Jabotiana (286,7), Salgado Filho (250,3) e Treze de Julho (244,0).Tempo médio de sobrevidaOs pesquisadores também analisaram os... +Informações
Estudo reforça necessidade de ampliar UTI's da covid-19 na rede pública em SE para evitar colapso no prazo de oito dias
Previsão é de saturação de leitos intensivos no SUS quando estado atingir 12 mil casos
Josafá Neto | Rádio UFS - O número de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para atender pacientes com diagnóstico do novo coronavírus na rede pública em Sergipe precisará ser ampliado para evitar o colapso do sistema de saúde no prazo de oito dias. É o que indica a projeção epidemiológica divulgada pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), na manhã desta segunda-feira, 8, no âmbito do projeto EpiSergipe.+ Leia aqui a nota técnica na íntegraO estudo sinaliza para a saturação desses leitos quando o estado atingir 12 mil casos da doença. "A previsão é que esta saturação ocorra... +Informações