Qua, 07 de fevereiro de 2018, 13:20

Pré-matrícula do Sisu 2018 é marcada por comemoração no Centro de Vivência do campus de São Cristóvão
Calouros e veteranos tiveram a oportunidade de se conhecer e trocar experiências
Veteranos de diversos cursos organizaram recepção para os calouros. (fotos: Schirlene Reis/Ascom-UFS)
Veteranos de diversos cursos organizaram recepção para os calouros. (fotos: Schirlene Reis/Ascom-UFS)

A manhã do último dia de pré-matrícula para os estudantes que conseguiram uma vaga na Universidade Federal de Sergipe pelo Sisu 2018 foi de alegria e comemoração no Centro de Vivência do campus de São Cristóvão. Munidos de tinta, cartazes e muita música, veteranos de diversos cursos receberam os calouros que realizavam a matrícula hoje, 7.

Veja as fotos do evento.

Maria Clara Souza, 20, é uma das ingressantes do curso de Nutrição. Com o rosto pintado e a euforia de quem acaba de dar início ao seu futuro profissional, ela conta que está animada para começar a estudar. “Eu amo tudo que envolve a Nutrição, passei a amar depois que conheci a área e decidi que tinha me encontrado. É isso que quero para minha vida”.


"É isso que quero para minha vida", diz Maria Clara, caloura de Nutrição.
"É isso que quero para minha vida", diz Maria Clara, caloura de Nutrição.

Embora de curso diferente, Daniel Fabrício, 20, compartilha de um sentimento parecido com o de Maria Clara: a ansiedade de estudar algo que escolheu. Ele acredita que o curso de Pedagogia é sua melhor oportunidade para atuar com o que sempre quis.

“Gosto de trabalhar com crianças, então essa foi minha opção para entrar em Pedagogia. Estou achando essa recepção dos veteranos bem legal; eles estão conversando e explicando coisas do curso pra gente”, diz.


"Gosto de trabalhar com crianças, então essa foi minha opção para entrar em Pedagogia", diz Daniel Fabrício.
"Gosto de trabalhar com crianças, então essa foi minha opção para entrar em Pedagogia", diz Daniel Fabrício.

Talvez em nenhuma outra oportunidade a história desses dois calouros e a de Carolina Silveira Lima, 19, que enfrentou uma longa estrada iniciada no Sul de Minas Gerais, pudesse se cruzar. “Eu estava vindo, mas não sabia realmente se queria ficar aqui”, conta.

Carolina, caloura do curso de Medicina, é o retrato de muitos estudantes que precisam mudar de estado para realizar o sonho. “Eu estava insegura quando vim aqui para Sergipe. Quando cheguei aqui tudo me transformou, tanto a cidade quando a própria universidade. Eu não esperava essa recepção e posso dizer que agora estou muito animada para continuar aqui”, confessa.


Carolina Silveira veio do Sul de Minas estudar Medicina. "Estou muito animada para ficar aqui".
Carolina Silveira veio do Sul de Minas estudar Medicina. "Estou muito animada para ficar aqui".

Brendaw Cardoso também foi um desses alunos que viram o sonho se realizar cedo. Com 18 anos, o novo estudante de Química bacharelado revela sua empolgação ao contar que desde pequeno quis estudar algo relacionado com Ciências, uma de suas matérias favoritas na escola.

“Estou muito empolgado com tudo isso. Sempre gostei das experiências com meus professores de química e ciência na escola e desde pequeno sonho com isso. Agora esse sonho está sendo realizado”.


"Agora meu sonho está sendo realizado", afirma Brendaw Cardoso, de Química bacharelado.
"Agora meu sonho está sendo realizado", afirma Brendaw Cardoso, de Química bacharelado.

Também de 18 anos, Júlio César teve a oportunidade de se encontrar com seus futuros colegas do curso que escolheu: Zootecnia.

“Eu não imaginava que a universidade fosse cheia de pessoas animadas. Embora eu goste de muitas áreas, pesquisei sobre o curso e estou esperando desfrutar de uma experiência bacana”, conta.


Para Júlio César, de Zootecnia, foi uma surpresa a recepção. "Eu não imaginava que a universidade fosse cheia de pessoas animadas".
Para Júlio César, de Zootecnia, foi uma surpresa a recepção. "Eu não imaginava que a universidade fosse cheia de pessoas animadas".

Pré-matrícula

Em 2018 houve algumas mudanças nos mecanismos de pré-matrícula. Agora, todos os procedimentos ficaram concentrados em um único local: Departamento de Computação, ao lado do Centro de Vivência.

“Nós reunimos todos os setores de matrícula aqui no Departamento de Computação para oferecer mais conforto tanto para os que estão trabalhando, que passaram a atuar em um ambiento climatizado, quanto para os alunos, que antes precisavam passar pela matrícula, pela perícia e pela comprovação de renda em locais diferentes”, diz Dilton Cândido, pró-reitor de Graduação.

A UFS adota o Sisu como modo de seleção de estudantes e, nesta edição, ofertou 5.440 vagas distribuídas em 105 opções de cursos nos campi de São Cristóvão, Aracaju, Itabaiana, Laranjeiras e Lagarto. A pré-matrícula começou segunda-feira, 5.

Ascom

comunica@ufs.br


Atualizado em: Qua, 07 de fevereiro de 2018, 13:44
Notícias UFS
Aviso
Comunicado
Pró-Reitorias informam sobre suspensão das aulas