Ter, 24 de novembro de 2020, 16:04

Discurso de posse de Liliádia Barreto, reitora pro tempore da UFS
Cerimônia aconteceu na manhã desta terça-feira, 24
Liliádia Barreto atua como docente na Graduação em Serviço Social da UFS desde 1994. (foto: Schirlene Reis/Ascom UFS)
Liliádia Barreto atua como docente na Graduação em Serviço Social da UFS desde 1994. (foto: Schirlene Reis/Ascom UFS)

"Saudações a toda a comunidade acadêmica e sociedade sergipana aqui representada, que preocupadas se colocaram disponíveis para testemunharem este momento de mudança. A presença de vocês registra para mim o grande compromisso que tenho pela frente e o desafio de cumprir com o objetivo a que fui designada para assumir, neste momento o cargo de reitora pro tempore na gestão da UFS.

Recebo esta missão como servidora pública designada para cumprir uma tarefa, de forma honrada me coloco humildemente, a serviço desta instituição de ensino com contributo para o necessário e desejado processo de retomada da normalidade institucional em nossa universidade.

Rogo ao Deus Altíssimo o direcionamento para tomar decisões apropriadas com excelência para tão elevada missão que se coloca diante de mim pelos próximos meses, ao tempo em que lhe rogo que me conceda o prudente discernimento e a firme coragem para conduzir uma transição transparente, tecnicamente assertiva e rigorosamente comprometida com as leis vigentes e com os princípios da administração pública. A Ele toda glória!!

Agradeço a confiança em mim depositada pelo Excelentíssimo Senhor Presidente Jair Messias Bolsonaro e pelo Excelentíssimo Senhor Ministro da Educação, prof. Milton Ribeiro. Buscarei corresponder à consideração a mim dispensada com essa honrosa designação para tal encargo. Espero retribuir tamanha confiança com muito trabalho árduo, intransigente compromisso público e propósitos honestos de bem atuar para a elevação da UFS.

Agradeço a compreensão e o incentivo da minha família ao expressar sua concordância para que eu assumisse tão nobre tarefa. Tempos difíceis se aproximam, o apoio de cada um de vocês será fundamental para o encorajamento do caminho traçado para esta gestão. Sei que o crédito de vocês a mim se somará à colaboração de toda esta comunidade acadêmica. Gratidão especial ao meu esposo Silas, minhas filhas Sarah e Nathalia e os genros. Sei que estaremos juntos para enfrentarmos esse período.

Também agradeço àqueles que, nos últimos dias foram procurados e, com elevado espírito público e ciosos do momento excepcional que a UFS atravessa, aceitaram o convite para formar nossa enxuta, coesa e qualificada equipe de transição.

Certamente, recebo esta missão com a humildade de quem conhece a magnitude e a importância do trabalho a ser feito, ainda que por um breve período, mas com a inabalável coragem de enfrentar todos os obstáculos e com uma sincera disposição de oferecer o meu melhor para que a gestão da UFS siga adiante, sendo viabilizada por dedicados e abnegados servidores.

De todos os estimados colegas, espero contar com um voto de confiança e a contribuição para que as atividades, serviços e projetos da nossa instituição continuem sendo executados com o maior proveito possível e a devida presteza.

Espero deixar como legado principal o início de um processo de melhoria real da gestão, que impacte positivamente na vida de toda a comunidade acadêmica: colegas professores, alguns mais amigos, alunos queridos e técnicos. Me coloco à disposição para ajudar, colaborando para um novo tempo de serviço público nesta instituição de saberes.

A estatura e a brevidade da empreitada não nos permitirão demandar esforços sobre eventuais fissuras, ruídos e tensões residuais decorrentes da atipicidade da situação, pois toda a diligência da nossa equipe estará assentada sobre um propósito maior: a busca firme e a defesa de práticas e processos que estejam em sintonia com os padrões de uma governança pública de excelência, observando o mais estrito respeito à legalidade, à transparência e à moralidade pública.

Dessa forma esperamos que, quando chegado o momento, possamos entregar a reitoria e a UFS, da melhor maneira possível, para o cumprimento do próximo mandato de quem vier a ser escolhido de forma regular.

Para tanto, o mais importante trabalho nesse período é assegurar que ocorra uma nova eleição para a Reitoria, de forma ética, justa e transparente.

Nossos quase 30 mil estudantes não podem ser prejudicados e faremos tudo que estiver ao nosso alcance a fim de que seus esforços e atenção estejam voltados para tirar o maior proveito possível de sua formação acadêmica. Nossos quase 3.000 servidores dedicados à docência e ao serviço técnico-administrativo devem dispor das condições necessárias e adequadas para que continuem desenvolvendo suas atividades com a tranquilidade, presteza e dedicação que tão bem caracterizam a grande maioria daqueles que tocam nossa universidade.

Mas certamente minha missão de maior destaque nesse período é assegurar que novas eleições limpas, éticas e transparentes para a Reitoria da UFS ocorram.

Buscaremos junto a representantes do TRE poder contar com técnicos desse tribunal que permitam conferir segurança e confiabilidade à eleição remota. Também atuaremos sobre a contínua orientação e supervisão da Advocacia Geral da União ao longo de todo esse processo, a fim de, por um lado, dar plena transparência ao pleito, e, por outro, acercar-nos de todos os aspectos e condições legais necessárias.

Aliado a isso, prestaremos todas as informações e esclarecimentos ao Ministério Público Federal em Sergipe que permitam afiançar a regularidade e a plena legalidade do novo pleito eleitoral.

Finalmente, dirijo um especial pedido aos conselheiros dos nossos conselhos superiores. Juntos, seremos os garantidores finais e mais importantes dessa emblemática eleição na história da UFS. À Adufs, nosso pedido de colaboração para dialogar interesses públicos, somar o apoio dos professores de forma a assegurar o direito da lisura e da transparência do processo de transição desta gestão.

Assim, espero contar com o empenho de todos os conselheiros e dos candidatos para que o processo eleitoral relativo à formação da nossa lista tríplice transcorra da forma mais regular possível, observando o decoro e o zelo pela integridade dessa eleição que, certamente, será a mais acompanhada pela sociedade sergipana em todos os tempos.

Espero que ao final do meu breve mandato e superado esse inesperado e mais duro teste que a UFS passou em seus 53 anos de existência, possa assumir um novo e legítimo sucessor ou sucessora e, assim, sinalizar um novo tempo de progresso e maturidade institucional na maior e mais prestigiada instituição de ensino de Sergipe.

Muito obrigada e que Deus nos abençoe!"

Liliádia Barreto

Reitora pro tempore da UFS


Atualizado em: Ter, 24 de novembro de 2020, 16:18
Notícias UFS