Sex, 14 de dezembro de 2018

O nome, a significação e a memória
Edmilson Menezes
Thumb foto editadaInicialmente, gostaria de agradecer à Reitoria da Universidade Federal de Sergipe, que me distinguiu com o honroso convite para este pronunciamento. Também, minha palavra inicial de agradecimento dirige-se aos professores Samuel Albuquerque e Sura Carmo pela cooperação na concepção e organização da Exposição “Luciano Duarte e a UFS” (que hoje é inaugurada), a Ednalva Freire Caetano e ao professor Péricles Morais. A este pelo apoio logístico e àquela pelo apoio institucional e... +Informações
A UFS e a Feira de Sergipe
A UFS mostrou uma parte do monumental trabalho que vem desenvolvendo em todos os nichos do ensino, da extensão e da pesquisa
Thumb 8113919031 7292276da0 oaA 17ª versão da Feira de Sergipe, realizada pelo SEBRAE, entre 16 e 28 de janeiro deste ano, na Praça de Eventos da Orla da Atalaia, com o tema “Mostrando a Economia Criativa do Nosso Estado” alcançou o êxito esperado. Aliás, provavelmente, foi além do que se cogitava. Foram disponibilizados mais de 100 stands aos expositores, dentre eles o da Universidade Federal de Sergipe, que participou da Feira pela primeira vez, neste ano em que a mesma completa... +Informações
Mensagem de final de ano
Que a UFS continue avançando. Que procuremos ser ainda mais solidários.
Thumb 8113919031 7292276da0 oaMais um ano está findando. Foi um ano de muitas dificuldades e de muitas lutas. Um ano em que a Universidade pública foi duramente atingida por prisões e conduções coercitivas, como não se via desde os tempos brabos da ditadura militar. Que isso não mais se repita. Que a cidadania triunfe diante do arbítrio.Na nossa UFS, as dificuldades não foram diferentes das que ocorreram nas demais Universidades federais. Foram muitos desafios. Muitas buscas por... +Informações
A volta do FASC
Contribuir para o sucesso e a permanência do novo FASC deve ser do interesse coletivo.
Thumb 4bba22c808114aTerezinha Alves de Oliva é historiadora, professora emérita da UFS e oradora do IHGSE.Artigo publicado no Jornal Correio de Sergipe na edição desse final de semana nos dias 25, 26 e 27 de novembro de 2017.Quem viveu a década de 1970 sabe o que representou a emergência do Festival de Arte de São Cristóvão. Criado em plena ditadura militar, ele foi um espaço de liberdade desde a sua concepção, embora fosse uma resposta da recém-instalada Universidade Federal de Sergipe (UFS) à... +Informações
70 anos de contribuição da Química para o ensino superior em Sergipe
A história do ensino superior em Sergipe coincide com a história da química e essa viagem ao passado nos enche de orgulho
Iniciei o curso de Química Industrial no início da década de 1980 nas dependências do Instituto de Química, localizado na Rua Vila Cristina, onde hoje é a Secretaria de Estado da Cultura. As aulas práticas eram ministradas nos laboratórios, que tinham aquela áurea que nos fazia se sentir inseridos no clube seleto de cientistas. As bancadas de madeira escura, manchadas por produtos de reações químicas, as vidrarias incomuns espalhadas, o cheiro de reagentes químicos, as cores variadas das soluções, os equipamentos que despertavam nossa curiosidade, compunham o ambiente ideal para o... +Informações
15 de outubro: que a esperança vença a apreensão
A educação ensina o valor das liberdades, por vezes tão duramente conquistadas com o suor e com o sangue de tantos
Thumb board 953158 1920Os professores e as professoras são agentes de transformação. Transformar vidas, com elas partilhando saberes e fazendo-as palmilhar o chão do conhecimento que as deverá levar à preparação para a vida laboral e para o exercício pleno da cidadania. Nada deveria ser mais prestigiado sob todas as formas do que o exercício da docência. Nenhum povo pôde se erguer como Nação sem que passasse por um processo adequado de educação.Aqueles que defendem programas ou projetos que... +Informações
Nota da Andifes sobre o incêndio no Museu Nacional
Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior lamentou destruição do patrimônio cultural
Os reitores e reitoras das universidades federais, por meio da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior – Andifes lamentam profundamente o incêndio que destruiu completamente o Museu Nacional, um dos maiores patrimônios culturais do país, vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde estavam abrigadas mais de 20 milhões de peças que faziam parte de um acervo de valor inestimável para a história e para a cultura do Brasil e do mundo.A Andifes, mais uma vez, conclama a urgente necessidade de políticas públicas de estado que valorizem e... +Informações
Nota de pesar do Departamento de Museologia acerca do Museu Nacional
Incêndio acometeu o prédio e acervo do museu no último domingo, 02
O Departamento de Museologia da Universidade Federal de Sergipe, por meio desta, vem manifestar pesar sobre o incêndio que acometeu o prédio e acervo do Museu Nacional (UFRJ), no dia 02/09/2018. Como instituição Museológica mais antiga no Brasil, com recém completos 200 anos de existência, trazia em seu acervo uma parcela significativa da história e memória brasileira e coleções inestimáveis para informação e conhecimento da nossa população que deixará o setor cultural nacional mais fragilizado e desamparado. Em face, nos solidarizamos com os funcionário e pesquisadores, em meioà perda de... +Informações
Programa Servidor Solidário: nota de agradecimento
Progep agradece participação de servidores na ação
"Caros colegas,No último dia 24, realizamos mais uma ação do Programa Servidor Solidário: visitamos o Lar Isaias Gileno Barreto, entidade que tem por missão abrigar idosos. Levamos alimentos não perecíveis (advindos de sua contribuição através do Programa Servidor Solidário) para essa entidade, a qual se sustenta apenas por doações.O Programa Servidor Solidário foi criado pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas no ano de 2016, com o objetivo de levar ao social não apenas a solidariedade dos servidores da Universidade Federal de Sergipe a pessoas em situação de vulnerabilidade, mas também... +Informações
Lampião Poeta
Francisco José Alves
Thumb cut portalVirgulino Ferreira (1898-1938) foi uma figura de muitas facetas: amansador de cavalos, almocreve, artesão de couro, sanfoneiro, vaqueiro, estrategista, enfermeiro, costureiro, sacerdote do bando, cantor. A estes múltiplos predicados (focalizados pelos estudiosos), faz-se preciso acrescentar uma outra face do cangaceiro: a de poeta ou versejador.Essa habilidade do bandoleiro é notificada por algumas fontes. Uma delas, o folclorista Luís da Câmara Cascudo (1898-1986), assegura que... +Informações