Qua, 25 de novembro de 2020, 15:45

Transmissão de cargo à reitora pro tempore da UFS aconteceu nesta terça-feira,24
Cerimônia foi realizada na sala da Superintendência do Hospital Universitário de Aracaju (HU)
A transmissão foi feita pelo então reitor em exercício, Valter Joviniano, à professora Liliádia Barreto. (fotos: Schirlene Reis/Ascom UFS)
A transmissão foi feita pelo então reitor em exercício, Valter Joviniano, à professora Liliádia Barreto. (fotos: Schirlene Reis/Ascom UFS)

O então reitor em exercício da Universidade Federal de Sergipe, professor Valter Joviniano de Santana, transmitiu o cargo à professora do Departamento de Serviço Social (DSS), Liliádia da Silva Oliveira Barreto, reitora pro tempore.

Em discurso, a docente ressaltou que a sua missão de maior destaque neste período à frente da Universidade é “assegurar que novas eleições limpas, éticas e transparentes para a Reitoria da UFS ocorram”. A reitora ainda afirmou que haverá esforço para a manutenção das atividades acadêmicas e profissionais desenvolvidas na instituição.

“Espero deixar como legado principal o início de um processo de melhoria real da gestão, que impacte positivamente na vida de toda a comunidade acadêmica: colegas professores, alguns mais amigos, alunos queridos e técnicos. Me coloco à disposição para ajudar, colaborando para um novo tempo de serviço público nesta instituição de saberes”, destacou.

Liliádia afirmou que, além de prestar informações e esclarecimentos ao Ministério Público Federal, vai buscar contar com técnicos do Tribunal Regional Eleitoral que “permitam conferir segurança e confiabilidade à eleição remota”. Além disso, disse que vai atuar sob orientação da Advocacia Geral da União “a fim de, por um lado, dar plena transparência ao pleito, e, por outro, acercar-nos de todos os aspectos e condições legais necessárias”.


Liliádia Barreto é doutora em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (IMS/UERJ)
Liliádia Barreto é doutora em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (IMS/UERJ)

“A estatura e a brevidade da empreitada não nos permitirão demandar esforços sobre eventuais fissuras, ruídos e tensões residuais decorrentes da atipicidade da situação, pois toda a diligência da nossa equipe estará assentada sobre um propósito maior: a busca firme e a defesa de práticas e processos que estejam em sintonia com os padrões de uma governança pública de excelência, observando o mais estrito respeito à legalidade, à transparência e à moralidade pública”, pontuou.

Nomeação

Barreto foi designada reitora pro-tempore da UFS pelo Ministro do Estado da Educação, Milton Ribeiro, através de portaria de Nº 995 publicada no Diário Oficial da União na última segunda-feira, 23. Nesse mesmo dia, ela também foi empossada pelo ministro do MEC para exercício de mandato interino na reitoria da Universidade.


Cerimônia foi realizada na terça-feira, 24, no Hospital Universitário
Cerimônia foi realizada na terça-feira, 24, no Hospital Universitário

A nomeação ocorreu após o término do mandato do professor Angelo Roberto Antoniolli, na última quarta, 18, e a não conclusão do processo de eleição da lista tríplice para reitor e vice-reitor, que havia sido enviado ao Ministério da Educação (MEC) e retornou com pedidos de esclarecimentos acerca de inquérito civil, aberto junto ao Ministério Público, para apuração de “denúncia de suposta irregularidade no processo eleitoral para escolha do reitor”.

Currículo

Liliádia Barreto, 50 anos, nasceu em Nilópolis, município do Rio de Janeiro, e mora em Sergipe desde os 9 anos. Filha da casa, graduou-se em Serviço Social na Universidade Federal de Sergipe em 1993, e aqui também fez mestrado em Educação, em 2003.

É doutora em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (IMS/UERJ) e possui especialização em Ensino na Saúde pela Fiocruz/Ministério da Saúde (2015), e em Educação e gerenciamento participativo (1997).

Atuando como docente na Graduação em Serviço Social desde 1994, quando ingressou como professora substituta, atua como Tutora Acadêmica do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde e como vice-coordenadora do Núcleo de Pesquisa e Ações para a Terceira Idade (Nupati).

Ascom

comunica@ufs.br


Atualizado em: Qua, 25 de novembro de 2020, 15:59
Notícias UFS